O que pode causar dor na coluna? Saiba identificar possíveis causas

O que pode causar dor na coluna? Saiba identificar possíveis causas

As dores na coluna são um problema recorrente tanto no Brasil quanto no resto do mundo. Segundo um levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 80% da população mundial já teve ou terá dor na coluna, sendo a dor lombar uma das principais causas de ida dos pacientes ao consultório médico.

Afinal, quais fatores podem causar dor na coluna? Você sabe identificá-los? Neste artigo, nós, do Blanc Hospital, vamos explicar tudo sobre as causas da dor na coluna, as principais doenças que atingem a região, como prevenir e como tratar esse problema. Confira!

Principais causas de dor na coluna

Infelizmente, existem várias possíveis causas que desencadeiam dores na coluna. A má postura é uma delas. Isso porque, com uma postura inadequada, ocorre a distribuição incorreta do peso corporal, sobrecarregando músculos e ossos, o que pode acarretar lesões ao longo do tempo.

De acordo com o Dr. Edilson Machado, ortopedista que atua no Centro Blanc de Dor e Cirurgia da Coluna, a doença degenerativa da coluna é a principal causa de dor lombar crônica. “Infelizmente, no ser humano, os componentes da nossa coluna vão sofrendo um ‘desgaste’ ao longo dos anos e podem surgir sintomas dolorosos já na terceira ou quarta década de vida. O disco intervertebral (amortecedor entre as vértebras) e as facetas articulares (encaixes na porção posterior das vértebras) são as estruturas mais atingidas. Portanto, são os principais causadores de dor na coluna”, explica o médico.

O sedentarismo e o sobrepeso também afetam negativamente a saúde do sistema locomotor, desregulando a estrutura muscular e óssea. Além disso, diversas doenças de coluna podem causar dores crônicas e agudas, prejudicando a qualidade de vida dos pacientes.

É o caso, por exemplo, das hérnias de disco lombar e cervical, da estenose de canal, da discopatia degenerativa dolorosa, da artrose facetária, da escoliose, da cifose, da osteoporose, entre outras. Podem ocorrer também traumatismos e infecções, gerando dores constantes, além de dor causada por tumores na região da coluna.

Principais doenças que atingem a coluna

Segundo o Dr. Edilson, a doença degenerativa da coluna é a principal e a mais frequente causa de dor e incapacidade no mundo todo. Hoje, existem mais pessoas afastadas do trabalho e sofrendo devido a essas dores do que pacientes com problemas cardíacos ou com câncer.

“Como a coluna possui uma estrutura complexa, vários componentes acabam sendo atingidos. Além dos ‘encaixes’ que vão se desgastando (degeneração do disco intervertebral e das facetas), as estruturas nervosas sofrem processos inflamatórios e contribuem para a piora das dores. A crise ciática é o exemplo mais conhecido. Nos pacientes mais idosos, soma-se a isso osteoporose, que é o enfraquecimento da estrutura óssea e pode resultar em fraturas patológicas (fraturas por insuficiência)”, explica o ortopedista.

Técnicas cirúrgicas

Felizmente, a medicina tem evoluído bastante nessa área, produzindo diagnósticos certeiros e oferecendo tratamentos cada vez mais eficientes e confortáveis para os pacientes. Nesse contexto, a depender de cada caso, conforme análise do ortopedista, existem as técnicas cirúrgicas tradicionais e também as opções de tratamento por meio de procedimentos minimamente invasivos.

Entre as opções de técnicas cirúrgicas, alguns dos procedimentos mais realizados são a artrodese, a artroplastia, a microcirurgia de hérnia discal, entre outras. Os métodos de cirurgia minimamente invasiva mais utilizados nos tratamentos para dores na coluna são a vertebroplastia, os procedimentos percutâneos, a cirurgia de hérnia de disco por vídeo, entre outros.

Como prevenir?

É possível prevenir os quadros patológicos e mitigar as dores intensas de coluna. Para isso, o paciente deve manter hábitos alimentares saudáveis, a fim de manter o peso corporal adequado e não sobrecarregar os ossos e os músculos que envolvem a coluna.

Além disso, é preciso ter cuidado constante em relação à postura, sobretudo ao ficar muitas horas na mesma posição. Trabalhar em uma cadeira confortável, dormir em uma posição regular e manter a postura sempre ereta é fundamental.

Outro fator importante, claro, é a prática regular de atividades físicas, afinal, elas auxiliam a fortalecer os tecidos da coluna. Atividades como musculação, corrida e pilates são excelentes para a saúde da coluna, desde que realizadas sob a supervisão de um profissional de educação física.

É o que resume o Dr. Edilson Machado: “Podemos comparar o nosso corpo com uma máquina que precisa de certos cuidados de manutenção. Uma vida saudável, incluindo boa alimentação e atividade física, é essencial. O nosso corpo não foi feito para ficar parado. Portanto, atividade física não significa apenas ir à academia 3 vezes por semana. Temos que caminhar mais, ficar menos tempo sentados, enfim, ter atividade que mantenha nossa força e coordenação motora em dia”.

Home office e dor na coluna

O Dr. Edilson Machado conta que, hoje, vivemos uma pandemia do sedentarismo. Ela já existia antes, mas se agravou muito com a covid-19. Os longos períodos na posição sentada, tentando manter o foco na tela do computador ou do smartphone, estão destruindo a nossa coluna lombar e cervical.

Existe uma adaptação osteomuscular que irá acelerar as alterações degenerativas comentadas antes, gerando dor e incapacidade. Uma boa ergonomia, cadeira confortável e móveis adequados são importantes. Porém, não é suficiente se o imobilismo for muito longo. Temos que nos movimentar a cada 30/40 minutos para alongar e oxigenar a musculatura, aliviando a pressão nos discos e nas articulações da coluna”, recomenda.

Centro de cirurgia endoscópica da coluna

Para diagnósticos precisos e tratamentos de referência, além de contar com um atendimento qualificado, o Blanc Hospital possui o Centro Blanc de Cirurgia Endoscópica de Coluna, cujo objetivo é dar todo o suporte clínico e cirúrgico aos pacientes que sofrem com os mais diversos problemas de coluna.

O Centro de Medicina da Dor reúne um time de médicos altamente qualificados e experientes, especializados em cirurgia minimamente invasiva. A equipe conta com médicos ortopedistas e neurocirurgiões, todos preparados para tratar qualquer doença de coluna. Além disso, os profissionais têm o suporte do Blanc Hospital, um ambiente seguro, inovador e pronto para oferecer uma experiência incrível em saúde para os pacientes.

Quer saber mais? Acompanhe o blog do Blanc Hospital e fique por dentro de mais conteúdos sobre saúde, cirurgia plástica e qualidade de vida. Siga o Blanc no Instagram!

This site is registered on wpml.org as a development site.